quarta-feira, 9 de setembro de 2015

berinjela com geada


I

o floco dispara uma cor no meu quarto

no peito aberto um tiro congela roupa

entre os dentes aparelhados sou hálito
   
tangido pela sede enfastiada em saliva


II

crianças ocupam o asfalto empoçado

o dia tem gosto de janela com geada


III

observo coisas que ainda não existem

assim picoto o tempo corado de neon

o inverno cospe uma geladeira por dia

e por dia bordo uma berinjela congelada



by claudio castoriadis
imagem font web

   

  





ShareThis

Licença Creative Commons
Claudio Castoriadis- O conteúdo deste site está licenciado sob a Licença Creative Commons Atribuição 3,0 ..