terça-feira, 30 de dezembro de 2014

a ilha crocante


ganhei uma paisagem bucólica
quando neblina ela declama
quase sozinha
opalina
crisol
:
lentíssima
faz som de rendeiras
quando cruza as encostas
:
deixa cair seus liames
movimentos distraídos
esmera na ilha
deixa sobrar
no corpo
as mãos
dedos
afetos
traços
:
aluvial
recolhe-se
planta seus passos
dar corda na imagem
então miragem, deixa o lugar
desocupa, empresta fronteiras
alarga curvas no espaço teleguiado

Por Claudio Castoriadis
imagem font web

ShareThis

Licença Creative Commons
Claudio Castoriadis- O conteúdo deste site está licenciado sob a Licença Creative Commons Atribuição 3,0 ..