sexta-feira, 29 de agosto de 2014

atadura


da cumbuca 
uma voz murcha
o grito ungido de veias
alavanca meus tímpanos

flageladas as ideias se enrugam
viscoso, o calçado esquenta a calçada
o mendigo mete com a língua no estômago
de joelhos apanhando pratas, catando do esgoto
a soberba da velhice curva suas costas, ainda de joelhos
um sorriso escorre das ataduras, pula para longe da sua couraça


Por Claudio Castoriadis
imagem fonte web

ShareThis

Licença Creative Commons
Claudio Castoriadis- O conteúdo deste site está licenciado sob a Licença Creative Commons Atribuição 3,0 ..