quarta-feira, 16 de julho de 2014

langue e parole


no início era o verbo que se fez coisa. 
a coisa personificou qualquer palavra.

delicadamente sinestésica
com informações cognitivas

logo mais, exclamou uma letra
quase gritando para outra em
sentido contrário:

—Ó céus! Semântica se manca. O significante
não tem mais o mesmo significado. 



Por Claudio Castoriadis

ShareThis

Licença Creative Commons
Claudio Castoriadis- O conteúdo deste site está licenciado sob a Licença Creative Commons Atribuição 3,0 ..