domingo, 3 de novembro de 2013

Parede vocabulário


Descanso para o cansaço. Talvez um cigarro? Não, o gosto que tenho me basta. Se bem que poderíamos discutir novamente trocentas e infinitas vezes gastando o tempo que não temos. Não, prefiro o dito pelo que foi dito, quem sabe o não dito faça mais sentido no que se formou uma parede vocabulário com vários sentidos. Digo, querendo dizer, o mundo que eu, guardei, possivelmente, provavelmente compartilhamos. Se tenho certeza? Faltou atenção? Fique mais um pouco. As coisas são assim, estranhas em constante mudança, desencanto de sentimentos. Concordo. Hoje o que antes nos atraíam enquanto ontem, não é mais o mesmo. Nem precisa, agora um mundo levo comigo, no bolso da roupa do corpo memoria guardado, simetricamente esconderijo. 


Por Claudio Castoriadis

ShareThis

Licença Creative Commons
Claudio Castoriadis- O conteúdo deste site está licenciado sob a Licença Creative Commons Atribuição 3,0 ..