quarta-feira, 23 de outubro de 2013

Em segredo para não ser mastigado.


Quem nunca sentiu aquele sentimento no pensamento? Um sentimento desajeitado, insistente não apenas nas ideias, no corpo inteiro. Quando pensamos que não já está no pensamento o sentimento. Falando seriamente, esse sentimento metido no pensamento tem boca, fala e mastiga com os dentes. Cada dente afiado mastigando o pouco da vida que nos resta. A vida que se encontra metida no cabelo da cabeça, na pele descoberta que cobre a carne coberta dos ossos, na alma vestida dentro do corpo pelado.

Tenho é medo dessas coisas. Não apenas "dessas coisas", tenho um catálogo de medos. Afinal quem não teria? Que atire a primeira mentira quem nunca se viu mastigado por seus temores. Tem uma frase do Rimbaud que acho assustadora: por delicadeza, perdi a minha vida. Como alguém perde a vida dessa maneira? Tão delicada? 

*** 

Olhando por um lado faz sentido. Quando penso que o universo-telhado não protege os sentimentos frágeis de um dilúvio denominado destino. Uma palavra tão destruidora de sentidos. Sinto falta de outras palavras, outros sentidos, outros lugares, pessoas, daquele sorriso (...)!!!!

 ***

Sinto tantas coisas quando penso no porvir. Sinceramente? Algumas coisas nem gosto de pensar e quando penso, penso em Off para não ser mastigado.



Por Claudio Castoriadis
Imagem: fonte web

ShareThis

Licença Creative Commons
Claudio Castoriadis- O conteúdo deste site está licenciado sob a Licença Creative Commons Atribuição 3,0 ..