segunda-feira, 10 de junho de 2013

Pense, seja vida. Um prelúdio para a felicidade!


Imagine a vida sem tamanho, nem forma. Sim! pense nessa possibilidade. Algo inconclusivo. Seja arrebatado por esse pensamento - antro de liberdade, o mais sagrado pensamento que o mundo até então sangrou. Sendo a vida desprovida de tamanho e forma, em qual formato se encontraria o bem ou o mal? Se debruce nessa ideia. Em vez de vasculhar a sua mente, assediando formatos, tenta explorar o que é possível fazer. O hoje, o agora, esse breve instante. Em outras palavras, a vida pode ser eterna, mas nossa consciência, como atividade, naturalmente um dia será esgotada. Então? Condenado por essa sentença você prefere abundante benevolência e simplicidade, apenas viver? Ou mortalmente ser prostrado por uma prolongada agonia? Acorrentado por uma vontade inquisidora de tamanhos e formas sedento por um sentido incomensurável?



Por Claudio Castoriadis

ShareThis

Licença Creative Commons
Claudio Castoriadis- O conteúdo deste site está licenciado sob a Licença Creative Commons Atribuição 3,0 ..