terça-feira, 30 de setembro de 2014

Levy Fidelix - Envenenado pela própria peçonha


O candidato Levy Fidelix empestou um debate, que já andava enfadonho, bufando, babando um transtorno social em rede nacional. Não foi uma questão chula ou um fato isolado de lapso pessoal. Tivemos um espetáculo fascista, um crime aconteceu. O sujeito fez bom uso da sua estupidez, sua imagem esdrúxula - tem que parecer engraçado né? Inofensivo ? - moralismo tísico. Desenvolveu e expressou atitudes negativas, depreciativas além de degolar o senso do ridículo com um comportamentos hostil e discriminatório. Covarde, irresponsável, pateta despolitizado. É bestializador, escutar uma criatura se pronunciar de tal forma quando o Brasil passa por uma fase de risco, delicada, decisiva para compreender a União Homoafetiva. Quem compartilha com as ideias do mesmo excomunga as poucas conquistas jurídicas brasileira e desclassifica também todas as demais conquistas relativas aos direitos fundamentais do ser humano.


Por Claudio Castoriadis 

domingo, 28 de setembro de 2014

menendez




§

pórtico 
era pra ser apenas um intervalo
hoje sinto o tinir na lenha do menendez 
um flagrante depauperado cheira à mundiça
vos conheci, apartai-vos de mim

bailava - me
cognoscente

/nas mechas o acre do cume
sem que nelas misturar - se 
agrestes, brenhas, himalaias/

um cronópio se fecha
enquanto outro se abre
e assim esboroa uma catástrofe
vejo um guri bagunçar seu brinquedo
unicamente inonimado: senhor frontispício

§


Por Claudio Castoriadis
Imagem: Mei Ling

sábado, 27 de setembro de 2014

a cangalha de januário

§

gambiarra
inabalável, guenzo
recomponha as remelas
o seu coração é um cadeado flácido
prontidão criatura

desencana desse pigarro
larga disso

não arrebenta suas fuças por tão pouco
seja forte como as águas da ribanceira gargarejada das fábulas
deixe de firulas, tudo bem que o mundo é vago, fortuito, logrado
mas faça dessa canganha seu substrato maior
eis um prodigioso arruaceiro
neste pedaço de horto
escama sua valentia

§

Por Claudio Castoriadis
imagem fonte web

domingo, 21 de setembro de 2014

bucólico


§

em condições fenomenológicas
há de ser infindável o terço estiado
no tom brando do cotidiano

(se retraindo de maneira intensiva
 como de modo extensivo)

símbolos rogam, moluscos se jogam
no hirto quase histérico, esfuziante
nas hélices do seu berçário

em tese
o intervalo amordaçado
é tangido por ramos
nevrálgicos
bucólicos

§

Por Claudio Castoriadis
Imagem: Cyril Pedrosa

quarta-feira, 3 de setembro de 2014

carmesim


§

o barco de argila afoga seus cacos 
tonto enovelar-se espavorido
rebarba odores
oculta corrimentos
golpeia pássaros marinhos
encarna na estrela do ulisses

com seus remos cingidos
desgraça

a vaidade do mar
desgraça as velas de carmesim


§

Por Claudio Castoriadis
Imagem: fonte web

ShareThis

Licença Creative Commons
Claudio Castoriadis- O conteúdo deste site está licenciado sob a Licença Creative Commons Atribuição 3,0 ..